Marcadores

Marinho e limão

Quando, num projeto, nós arquitetos dizemos ao cliente que uma boa base é essencial, é exatamente de um ambiente como esse que estamos falando.

Para começo de conversa vamos olhar para esse espaço vazio, sem os móveis. Piso madeirado, paredes “off white”, rodapé delicado e molduras em gesso bem desenhadas. Poderia ser transformado para vários usos, sem comprometimento da decoração. A base perfeita!

 

Some-se a ela um belo lustre, móveis neutros, cortina e tapete coloridos, berço fofo com enxoval idem, singelos adereços de parede e  - voilá! – temos um quartinho de bebê caprichado e com muita personalidade.


Suspeitíssima que sou – aficcionada num animal print – reservo destaque mais do que especial ao “top” tapete zebrado em azul marinho e verde limão. E, justiça seja feita, a almofada em poá e a cortina vibrante contribuíram muito para dar o tom do contexto!   


Essa ideia é bem legal para nos inspirarmos. Roupinhas especiais emolduradas entre vidros – se as peças forem carregadas de história - como usadas pelos pais da criança quando bebês, por exemplo - melhor ainda!



Imagens: Reprodução