Marcadores

Baba baby

Quem segue o Eu e meu Bebê há algum tempo vai ser lembrar desse post aqui, no qual eu falava sobre a minha santa ignorância com relação ao uso de babadores por recém-nascidos.

Bom, o João está com cinco meses e meio e seus dentinhos estão nascendo – o primeiro já rasgou a gengiva e o segundo está a caminho, uma fofura! E entre outros sintomas, que merecem um post à parte, o principal é a quantidade de saliva que o pequeno produz. Isso posto, não preciso nem dizer que os babadores estão sendo mais úteis do que nunca, né? Imprescindíveis, na verdade.

Mas voltando ao post anterior, eu – propositalmente - omiti do dito cujo um tipo/modelo de babador: o bandana. Mas só porque ele merece um post para chamar de seu.

Quando vi um desses pela primeira vez achei lindo, mas olhei com certo preconceito. Me parecia feminino demais... Até que o João ganhou o seu primeiro - da dindinha dele - e eu comecei a vê-lo com outros olhos.

A peça é um acessório lindo - curinga até! - daqueles que enriquecem qualquer look simplesinho. Body branco, calça jeans e a bandana dá o tom!

Fala se não!

Sem contar o que é útil! Além de compor looks fofíssimos, as bandanas protegem o peitinho do bebê da umidade provocada pelo excesso de saliva. Essas peças normalmente são duplas, então o tecido “de cima” recebe toda a babeira, que não passa para o “de baixo”, deixando a roupa e a pele do bebê sãs e salvas.

Toda essa baba e o peitinho ficou sequinho!

Outro ponto positivo dessa peça é que ajuda a manter o peito e o pescoço da criança quentinhos quando a temperatura lá fora insiste em manter o indicador do termômetro lá embaixo.


Enfim, a bandana conquistou meu coração e uma gaveta exclusiva no guardarroupa do João. Tenho buscado cada vez mais opções da peça, pois de uns tempos para cá meu filhote só sai de casa com uma dessas no peito – vamos combinar que é bem mais bonito do que um babador comum, né? O bacana é que a variedade no mercado é infinita, afinal um retalhinho de tecido dá conta do recado – prendadinhas de plantão, super rola um DIY, hein?

Encontrei essa ilustração. Ajuda?

Separei alguns modelos para ilustrar minha teoria:

Ataque de fofura com esse baby... Fraldinha e bandana - no calorão precisa mais?














Imagens: Reprodução