Marcadores

Todo cinza...

Quem me conhece do Bettys e/ou acompanha meus posts por lá vai se lembrar deste, no qual eu contava sobre a minha gravidez, o sexo do bebê e a escolha do berço.

Pois bem. Só pelo berço o quarto abaixo já teria um espaço garantido no meu coração. Afinal de contas, como contei no post mencionado acima, ele era a minha primeira opção, o meu eleito para protagonizar a decoração do quarto do João. E olha como são as coisas: eu o queria exatamente assim, em cinza. E, se assim fosse, o cantinho do meu bebê certamente seria bem diferente do que é hoje.


Só que esse ambiente das fotos me conquistou por motivos muito além da escolha do leito do bebê. A composição dos tons de cinza foi responsável por chamar minha atenção, mas há muito mais a ser observado.

   
Sempre achei esse pendente (da Ikea) extremamente feminino. Pois aqui ele me provou ser bem neutro, valorizando um bocado o espaço.



Imagino que eu jamais optaria por essa cor e padronagem de tecido para a cortina – que a meu ver caiu como luva na ambientação.

E a marcenaria? Leve, discreta e ao mesmo tempo marcante. Também gosto demais dos brinquedos em madeira. Dão um toque retrô ao quarto moderninho.

A cor dessa poltrona é linda! 

Vocês percebem a composição do apoio lateral? Uma mesa em acrílico “preenchida” pelo que me parece uma caixa circular em branco. Excelente pedida para aproveitamento de espaço (já enxergo alguns brinquedinhos guardados ali dentro) e contraste com o cinza e a transparência.


E a generosidade que é o tamanho dessa cômoda? Sem contar o tampo em madeira que, compondo com a cor predominante e o carpete, confere boa dose de aconchego ao ambiente.

Acho esse quarto uma graça. Mais alguém aí o faria exatamente assim?   

Imagens: Reprodução