Marcadores

Amamentação: alimentação materna X cólicas do bebê


Ê assuntinho pra gerar polêmica esse! Sei que tem especialistas que garantem que a mãe pode comer de tudo, que a dieta materna não tem relação com essas terríveis dores, bem como sei que alguns bebês são mais e outros menos propensos a sofrer desse mal. Também sei que a minha mãe nunca fez dieta alguma e eu tive muitas cólicas enquanto minhas irmãs quase não as tiveram... Afinal de contas, qual é a relação entre a alimentação materna e as cólicas do bebê no período de amamentação?

Não sou especialista no assunto nem pesquisadora. Todo mundo sabe que sou mãe de primeira viagem e curiosa, certo? Então vou contar para vocês a minha experiência. Se alguém quiser tentar e der resultado, pelo menos terei ajudado uma mãe a ter dias – e noites! – mais tranquilos e livrado um neném de um bocado de sofrimento.

A primeira pediatra do João, durante a já comentada consulta gestante, me alertou contra pimenta e canela. Só. Segundo ela eram os únicos alimentos causadores de cólicas nos bebês. E eu que sempre ouvi falar de café, chocolate e tinha feito promessa de não tomar refrigerante durante toda a gestação, estaria liberada!

No dia da minha alta, tomei logo um belo copão de Coca-cola. Resultado: primeira noite de cólicas do João. Huuummm...  

Aí aquele meu pediatra do coração fez uma visita ao João em casa e conversamos um pouquinho a respeito. Ele é professor universitário, tem especialização em gastroenterologia pediátrica e mais de 30 anos de formação. É aquele cara que nunca para de estudar, pesquisar, se informar – acho que deve saber o que está falando, né? Acho não, confio cegamente no que ele diz. E a listinha que ele me passou não foi modesta, não...

Começando pelo grupo que ele me indicou moderação:
  
Leite e seus derivados numa quantidade máxima de 400ml por dia. Ok, essa até que é fácil! No dia em que sei que vou comer queijo, substituo o leite por outra bebida.


Mas aí a coisa começou a ficar complicada...

Alimentos que devemos evitar durante a amamentação:

Alimentos ácidos

Alimentos gordurosos

 Canela

Chocolate

Condimentos

Embutidos

Frutos do mar

 Grãos leguminosos – feijão, lentilha, ervilha, grão de bico...

Kiwi

 Pimenta

Refrigerantes

 Soja e derivados

Tomate e molho de tomate - para mim o mais difícil de todos!

Acho que não esqueci nenhum...

Não vou dizer que bani completamente todos esses alimentos do meu cardápio, afinal é difícil demais e eu não sou de ferro. Mas tenho evitado ao máximo cada um deles. E tem surtido efeito. O João teve pouquíssimas cólicas e é impressionante como é imediata a reação dele quando me esqueço ou relaxo um pouco e ingiro algum dos alimentos acima. Parece automático.

Para vocês terem uma ideia,  no final de semana que fui ao shopping após ele completar os três meses, almocei num restaurante árabe. Não tinha nenhum desses alimentos aparentes, mas culinária árabe leva muitos condimentos... Na manhã seguinte ele teve a pior cólica da história, tadinho. Nunca o tinha visto chorar daquele jeito.

Ah, a recomendação é para manter até os seis meses...

Então, mamães, cuidado com o que vão comer nesse final de semana. Moderação e muita tranqüilidade a todas!

Quem aí tem alguma experiência nesse campo para nos contar?

Imagens: Reprodução