Marcadores

Benvinda ao fraldário


No último sábado dei início à minha reintegração à sociedade. Sim, porque eu passei os últimos três meses enclausurada, esperando ansiosa pela finalização do primeiro ciclo de vacinas do João. Recomendações médicas são recomendações médicas – e eu sou caxias! Jamais assumiria a postura de expor meu bebê a um risco desnecessário. Mas isso é assunto para outro post, certo?

Fato é que - bebê devidamente vacinado e mamãe necessitando ver gente e comprar umas roupitchas novas - no final de semana passado resolvemos ir a um shopping. Mas não podia ser um shopping qualquer, afinal seria a estréia do João num lugar público fechado e movimentado. Precisávamos de um ambiente confortável e com o mínimo de infra-estrutura para receber o nosso pequeno. Internet, Google – santa modernidade! - pesquisa feita e o eleito foi o JK Iguatemi. O shopping eu já conhecia. Corredores amplos, arejado, bem iluminado - tudo ok! A novidade ficou por conta do fraldário. Li bons comentários a respeito, mas não fazia ideia do que me esperava.

Preciso dizer que nunca tinha entrado num espaço desses e acho que comecei em alto estilo – o único problema é que a referência fica lá em cima, né?

O espaço foi todo pensado com muito cuidado e carinho. Não sei quem foi o responsável pela decoração, mas ficou um primor. Tudo feito com o maior capricho!


Na entrada uma placa fofa pede que estacionemos o carrinho e a recepcionista nos direciona para a sala mais adequada. Eu fui para a sala de amamentação, que tem duas poltronas, pois estava acompanhada pelo meu marido. Entre as poltronas, uma mesinha apóia garrafinhas de água. Ainda tem um cadeirão para alimentação e uma marcenaria delicada decorada com objetos infantis.

Sala de amamentação
       
Acabando de mamar, ele precisou ser trocado e fomos encaminhados para a sala azul, que é uma área privativa para amamentação e troca. Nela figuram uma poltrona e uma mesinha lateral para amamentação, um cadeirão para alimentação de bebês maiorzinhos, mas o ponto alto é o trocador com a bancada com cuba e misturador. Numa prateleira acima da bancada são disponibilizados produtos para a higiene do bebê – inclusive a fralda é oferecida pela recepcionista quando nos dirigimos a essa sala. Como ela são também a rosa e a amarela.

Sala azul – o João ficou encantado com os bichinhos da decoração das paredes.

  Salas rosa e amarela.
 
O fraldário ainda conta com uma sala de troca comunitária e uma sala de papinhas, com cadeirões e microondas para aquecimento do alimento.


Destino certo para quando quiser dar uma arejada com todo o conforto para o meu pimpolho!

Fotos: Eu e meu Bebê